Dawn Penn "A Rainha da Música Reggae"

A música é uma simbiose de cantores, músicos e instrumentos. Dessa videira vem uma artista com uma qualidade e classe tremenda. Nascida na Jamaica, Dawn Penn começou o seu relacionamento com a música estudando piano clássico com 5 anos e mais tarde o violino, em conjunto com as suas irmãs Pat e 

Audrey, leccionadas pelo Major Wilson da (Salvation Army-Bramwell Booth Memorial Hall- 19 North Parade) em Kingston. Ela ganhou uma bolsa de estudo para estudar música após ter participado na “Independance Celebration Music Competition” num festival independente na Jamaica, tocando um dueto no piano clássico, sendo a primeira classificada na secção Clássica e foi segunda na categoria Pop. A sua canção original foi “Make Up Your Mind” que foi tocada por ela no órgão. Estudou também na escola jamaicana de música sob a tutela de Miss Scott. O seu talento enquanto jovem estendeu-se também ao canto no (Y-Coral Group) como mezzo-soprano, e também demonstrou a sua versatilidade como performer representando em duas peças clássicos jamaicanas da LTM National Pantomine Production, “Anancy e Pandora” e “Anancy e Doumbey” com Hon. Louise Bennett- Coverley Ranny Williams, Mrs Lois Kelly-Barrow-Miller, Tony Patel, Audley Coulton e Marjorie Whylie para nomear alguns. Começou a gravar para Clement Sir Coxsone do Studio One. E não foi nenhuma surpresa que a primeira gravação de Penn “You Don’t Love Me No, No, No, “ transformou-se num mega êxito na Jamaica entre outros. Penn gravou para Prince Buster a faixa original ” Blue Yes Blue” e a cover “You Are There With Another Girl” e “Long Day Short Night”. Ela também gravou “Why Did You Lie” para o Duke Reid e mais uma série de originais como “Here’s The Key”, “When Am I Gonna Be Free” e fez também versões de reggae das canções de Lulu “To Sir With Love” assim como “Don’t Sleep In The Subway Darling” como Suzette para a “West Indies Records Limited (WIRL). Adicionando a isso tudo á também “ 1st Cut Is The Deepest”, “Let Me Go Boy” e “I’ll Get You” para Bunny Lee. Dawn Penn foi a vocal do internacionalmente aclamado Johnny Nash na canção “I Can See Clearly Now”, “Cupid” e “Stir It Up” e ela fez um dueto com Johnny Nash em “Guava Jelly” e também “Milk Shake And Potato Chips”, “You’ve Got Soul”. Ela foi incluída na ”Commerative Bob Marley Rebel Box set”. Penn também fez coro para Eddie Lovette no album “Too Experienced” com a sua irmã Pat Penn e Winsome Dixon. Agora um nome estabelecido no reggae/rocksteady Era Dawn Penn deu ao mundo do reggae uma agradável surpresa quando voltou aos charts em1994 com uma marcante influencia do dancehall na sua canção “You Don’t Love Me No, No, No No”. Produzida por “Steelie and Cleavie Prodution” para a Hearthbeat Records. 1994 viu também Penn lançar o seu álbum de estreia “No.No.No” na Big/beat Atlantic Records que lhe garantiu a sua nomeação para os Grammy. Com o seu nome reconhecido internacionalmente Pen entrou para o British Chart no n.º 9 e actuou no UK-Top of the Pops, Bet com a Rachel, abriu “The Box” em Houston para Lez da Rap City, aparecendo na MTV “Most Wanted” só para nomear alguns. A canção “You Don’t Love Me” chegou aos charts de todo mundo do Reino Unido ao Japão, Europa, E.U.A. e a Canadá, e foi incluída em mais de quarenta compilações musicais. Foi incluído como o soundtrack para diversos comerciais de televisão por exemplo;o anuncio da Nissan , filmes como “Undercover Cop”, ” Party Girl”, as séries “Homicide” nos anos 90 nos E.U.A. e “I Spy” com Eddie Murphy. Esta canção continua a inspirar muitas covers e reedições contínuas por vários artistas. Eve incluiu esta canção no seu álbum “Scorpion” assim como J.Mills e os Wu-Tang Clan. Em 2005 a artista da Def Jam, Rihanna featuring Vybz Kartel fizeram uma nova versão da canção. Em 1996 Penn co-produzido o seu popular álbum “ComeAgain” para a Trojan Records, vendendo mais de 108.000 cópias. 2000- O single “Never Ever” produzido para o álbum “Top Secret” editado pela editora Jet Star foi um êxito enorme na BBC 1 e 2 tocando repetidamente. Em 2001 reeditou “Let Me Go Boy” nos E.U.A. e teve uma aparição fugaz no filme ” Fire” com Paul Campbell e nos Sopranos ao lado da sua filha Abioseh. O seu sucesso contínuo viu Dawn Penn ser honrado em New York com a condecoração do”Martin Luther King Award” em 2001 pela sua contribuição para a música pela Caribbean Images. 2002 viu Penn gravar a faixa “Now” para a “Subway-compiliation” por Glen Adams do Landmark Studios em Brooklyn. Ela também lançou uma música com Cocoa Brovaz na Universal/Rawkus label que foi um grande êxito “Spit Again”. Também entrou num projecto com a editora nova-iorquina John Shop Records- o álbum “Never Hussle The Music”, e canções como “Forgive and Forget” (akas) “7 Time Rise 7 Time Fall”, com Dee, “Bobby Wrong”, escreveu “What U Gonna Do” com Estereo e John Forte, “Mercy Pon We” num dueto com John Forte e “Looking For a Lion” tudo com John Forte na produção. Em 2003 editou a musica original chamada “Runaway para Functionist of Austria”, “We come yah fi teach” para a editora Kingstone e “You have a right” para a POT ambas editoras alemãs. Em 2005 fez uma tournée pelo Hawaí com Alpha Blondy em Maui, Honolulu e em Ohau. Penn lançou um duplo single chamado “Growing Up” e “Begone” editado pela Da-Beat label. Há também o lançamento da remix do “Love the one you’re with”produzido por Chris Cocoa na Trojan/Sanctuary label. Outro dos seus registos “Night and Day” foi a soundtrack do filme “After the Sunset” com Pierce Brosnon e Don Cheadle e editou também as musicas “No, No,No” e “I’ve got Somebody Else” produzidas por Dawn Penn e Changing Face na Atlantic. Em 2006 participou no festival UPPSALA na Suécia, Dour Festival em Bruxelas, festivais em Praga, Luxemburgo, Portugal, Suiça, Warwickshire, Liverpool e Barcelona, e com Half Pint e o Sound System Kilimanjaro actuaram em Valência, Lemitzia, e Roma. Ela realizou uma nova música “Betterment Blues” com o Sean da Pama Internacional. Logo de seguida saiu o som “Story of my Life”. Já em 2007 ela participou no Aniversario de Bob Marley em Hawaí, Oahi, Big Island-Honolulu com Capleton, Lauren Hill e muito mais.

Discografia Selecionada:

Albuns:

No No No - 1994

Soundbombing Vol. 3 - 2001

Come Again - 2002

Por: Nuno Moreira.